Vereadores declinam de reajuste salarial

Os  vereadores de Ibirama comunicaram na reunião ordinária desta segunda-feira, dia 9, que irão abrir mão do reajuste salarial deste ano, dentro do compromisso de austeridade firmado entre os poderes Legislativo e Executivo.

Nas manifestações em palavra livre, os vereadores concordam que deve haver um aumento no salário, mas acredita que na atual conjuntura financeira do município, os valores reajustados para os parlamentares podem servir de utilidade melhorias nos serviços aos cidadãos.

 

Aumento para os servidores municipais

Por outro lado, o Prefeito Adriano Poffo encaminhou as mensagens dos Projetos dos Decretos que permitem a reposição salarial aos servidores públicos municipais na ordem de 1,81% com base no Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) e mais 2,19% de aumento real, perfazendo um reajuste nos vencimentos na ordem de 4%. 

Em mensagem semelhante, o Prefeito também encaminhou para deliberação legislativa, o Decreto específico para os profissionais da educação, onde também é concedido a reposição salarial de 1,81% com base no INPC, mais 5% de aumento real, o que soma 6,81% de reajuste total.  As matérias serão submetidas às comissões competentes e serão votadas em duas discussões.

De acordo com os vereadores, o reajuste é mais do que merecido para os servidores, que possuem salários mais baixos e estão defasados.