Rede Feminina de Combate ao Câncer explana na Tribuna Cultural

Ao fazer uso da Tribuna Cultural na sessão ordinária desta segunda-feira, 9, a Rede Feminina de Combate ao Câncer de Ibirama  apresentou a Campanha “Preciso Viver”, que busca a conscientização e esforços para garantir que todos os pacientes oncológicos tenham acesso a um tratamento de saúde humanizado e tempestivo.

As voluntárias, vestidas de branco e rosa, lembraram que o dia 8 de abril está instituído  como Dia Mundial de Combate ao Câncer e, na passagem desta data, será realizada esta campanha a nível nacional.

“Preciso Viver” é uma campanha que visa sensibilizar as autoridades municipais e estaduais para garantir a aplicabilidade e eficácia da Lei 12.732/2012, que estabelecem prazo máximo de 60 e 30 dias, respectivamente, para que as unidades do Sistema Único de Saúde (SUS) realizem exames diagnósticos e executem os procedimentos necessários à saúde dos pacientes.

“A nossa luta é para que os pacientes, que já sofrem ao descobrir que têm a doença, ao iniciarem um tratamento tão agressivo, recebam o mínimo de cuidado, de apoio, de atenção”, destacaram as voluntárias da Rede Feminina de Combate ao Câncer de Ibirama.