Gerente de Educação da ADR fala sobre regras para matrículas no Ensino Médio

Mais Imagens



A Gerente de Educação da Agência de Desenvolvimento Regional (ADR), Isolânia Wippel, ocupou a tribuna da Câmara Municipal, na sessão desta segunda-feira, 11, para esclarecer questões relacionadas às exigências para matrículas na rede estadual de alunos do ensino médio, principalmente para aqueles que desejam estudar no período noturno. A explicação atendeu requerimento apresentado pela vereadora Marilene Collet Krause (PMDB) em março.

Vários vereadores tem sido procurados por alunos e pais em função de dúvidas quanto às exigências no momento da matrícula para se estudar no período noturno, como a apresentação de comprovante de emprego.  Muitos alunos do centro de Ibirama – cerca de 40 – estudam no ensino medido noturno da EEB Valmor Ribeiro, no Distrito de Dalbérgia, em função das exigências da EEB Gertrud Aichinger.   

Isolânia explicou que as unidades educacionais seguem as diretrizes da Secretaria de Estado da Educação.  “Como na EEB Gertrud Aichinger há a oferta de ensino inovador, a prioridade de matrícula será sempre nesta modalidade. Para estudar no período noturno desta escola (Gertrud Aichinger)  o aluno tem que comprovar o atendimento a algumas exigências, como emprego ou estágio com carteira assinada”, explicou.

Ela disse que muitos alunos desejam simplesmente estudar à noite, sem atender qualquer exigência. “Neste caso, a saída é se matricular na escola de Dalbérgia, onde não há ensino inovador. No entanto, não há transporte, que deve obedecer a lei do zoneamento escolar”.