Engenheiro explica sobre obras do esgotamento sanitário

Mais Imagens



O engenheiro Claudinei Pereira, da STC Empreiteira, responsável pelas obras de implantação da rede de esgotamento sanitário na região central de Ibirama, ocupou a Tribuna Livre da Câmara, na sessão de 6 de março,  para explicar sobre o andamento dos trabalhos e providências para minimizar o desconforto ocasionado pelo rompimento das calçadas e vias de rolamento.

Com investimento na casa dos R$ 17 milhões, trata-se de uma grande obra que permitirá a coleta e tratamento de esgoto de quase 40% dos domicílios da área urbana de Ibirama.

No entanto, alguns desconfortos são decorrentes. “Temos que abrir ruas, calçadas para a passagem da tubulação. O resultado é trânsito ruim, poeira e lama. Temos tomado providências para minimizar esses impactos e a população tem que entender que é um desconforto temporário, mas os benefícios desta obra serão grandes e duradouros”, destacou.

Pereira respondeu a perguntas dos vereadores, a maioria relacionada a buracos nas ruas. “É necessário deixarmos que os locais abertos para que se adensem e, assim, possamos refazer o pavimento. As vezes, esse prazo é um pouco longo, mas necessário”, destacou.

Depois de concluída, a obra irá beneficiar mais de 4.000 moradores, representando mais qualidade de vida, menos incidência de doenças e melhor expectativa de vida.