Descarte de lixo em terrenos baldios preocupa vereadores

O descarte de móveis de entulhos e, por conseguinte, de outros tipos de resíduos nem sempre é realizado da forma correta.  Em Ibirama, o caso é recorrente num terreno pertencente à municipalidade na Rua Friedrich Schlegel, no Loteamento Padre José Brandel no Bairro Operário, cuja área vem sendo usada sistematicamente como depósito de entulhos (restos de materiais de construção, podas de árvores) além de resíduos inertes como restos de malha e lixo doméstico.

O alerta foi feito pela vereadora Marilene Collet Krause na última sessão. “O espaço é público, aberto e tem recebido os mais variados tipos de lixo. Fico preocupada pelo aspecto negativo e, principalmente, pela saúde das pessoas residentes nas imediações”, disse.

Para tanto, a vereadora apresentou a indicação (Nr. 211/2013) ao Executivo apontando para a necessidade de limpar e cercar o imóvel e, assim, coibir a situação.

O vereador Dalmir Sartor aproveitou para dizer que esteve no local e verificou a quantidade de sacolas plásticas com lixo, pedaços de madeira, garrafas pet e outros. Além disso,  flagrou o descarte de resíduo de malha. “Abri alguns destes sacos de resíduos e identifiquei que a origem era de uma confecção de um município vizinho. Eu entendo que o setor de fiscalização da prefeitura tem que agir com mais rigor contra quem polui”. Disse.

A vereadora Iracema Duwe destacou que em Ibirama também há outros terrenos baldios sendo utilizados como depósito de lixo. “Há a necessidade de aumentar a fiscalização e multar quem polui”.