Apresentação sobre o Programa Bolsa Família e Cadastro Único na Câmara

A Secretaria de Assistência Social de Ibirama, ocupou a Tribuna Cultural da Câmara de Ibirama nesta segunda-feira (14), para apresentar informações sobre o Cadastro Único do Programa Bolsa Família.

O Programa Bolsa Família é um programa de transferência direta de renda, direcionado às famílias em situação de pobreza e de extrema pobreza em todo o País, de modo que consigam superar a situação de vulnerabilidade e pobreza. O programa busca garantir a essas famílias o direito à alimentação e o acesso à educação e à saúde.

Atualmente, Ibirama conta com sete famílias em situação de extrema pobreza, ou seja, aquelas que têm renda mensal de até R$ 85,00 por pessoa. As famílias pobres são aquelas que têm renda mensal entre R$ 85,01 e R$ 170,00 por pessoa.

As famílias pobres participam do programa, desde que tenham em sua composição gestantes e crianças e/ou adolescentes entre 0 e 17 anos. Na palestra informativa foram apresentados a todos, o novo regramento para cadastro e recebimento do beneficio é necessário o cumprimento das condicionalidades do programa, que são compromissos que as famílias assumem junto ao Governo Federal e são de fundamental importância para a manutenção do benefício. As condicionalidades são na área de Saúde e Educação e devem ser cumpridas para que o benefício não seja suspenso, bloqueado ou cancelado.

Além de estar de acordo com as condicionalidades exigidas pelo Programa, o cidadão deve estar cadastrado junto ao Cadastro Único. O Cadastro Único é um conjunto de informações sobre as famílias brasileiras em situação de pobreza e extrema pobreza. Essas informações são utilizadas pelo Governo Federal, pelos Estados e pelos municípios para implementação de políticas públicas capazes de promover a melhoria da vida dessas famílias.


Mais Imagens