APP CEI Ruth Schlei solicita esclarecimentos sobre andamento de construção de creche

Mais Imagens



   A Associação de Pais e Professores do Centro de Educação Infantil (CEI) Ruth Schlei, situada no bairro Ponto Chic, enviou ofício à Presidência da Câmara Municipal de Ibirama, lido em plenário na sessão de ontem (10/11) na qual manifesta preocupação em relação ao atraso do Centro de Educação Infantil do “Centro”, cuja obra é aguardada com grande expectativa para suprir a necessidade de atendimento de crianças/bebês do município.

   A APP relata no ofício que, no último mês, recebeu aviso da Secretaria de Educação informando de que, para atender os bebês que estão na fila de espera, haverá uma transferência das crianças mais velhas atendidas no CEI Ruth Schlei para outra instituição de ensino. Os pais estão preocupados pois, a creche que tem a maior disponibilidade de vagas é a Abelhinha Feliz, no bairro Ribeirão Areado, cuja instituição fica distante do centro, com dificuldades de transporte.

   Desta forma, pais e professores estão preocupados com o andamento das obras da creche do centro – que pode equacionar este problema - e solicitam maiores esclarecimentos sobre o fato.

   O presidente Clóvis Braatz colocou o assunto em discussão e lembrou que os vereadores têm cobrado, reiteradamente, o bom andamento e qualidade de obra, a cargo da Construtora Salver. Disse que os vereadores visitaram duas vezes as instalações e ficaram impressionados com a baixa qualidade e andamento demorado dos serviços e chegaram a convocar os responsáveis da empreiteira para esclarecimentos, sem qualquer retorno.

   O vereador Adriano Poffo (PMDB) informou que, em contato recente entre a Empreiteira e o Executivo Municipal ficou acertada a adequação das obras e o compromisso de finalizar a construção até o final do mês de novembro. Poffo disse ainda que as portas colocadas e que geram reclamações por parte dos vereadores - estão sendo substituídas. Através de tratativas com o Governo Federal, deverá ser feito em dezembro, a aquisição do mobiliário. “Esperamos que a creche possa atender no início de 2015”.

   A vereadora Iracema Duwe lembrou que a creche não entrar em funcionamento sem a construção de muro, que sequer foi iniciado.

  O presidente Clóvis Braatz disse a Câmara responderá o ofício à APP do CEI Ruth Schlei com os esclarecimentos possíveis.